-

-

EU LI: Cidades de Papel

Primeira postagem a gente fica sempre na expectativa do que falar ou de o que escrever, mas enfim, a minha primeira postagem será sobre o livro "Cidades de papel", que é um livro incrível, tanto na escrita, como nos personagens, porque cada um tem as suas características e no ensino que o livro nos dá.

Bom inicialmente, confesso que não gostei muito do final, que foi meio decepcionante. Mas olhando pelo lado do autor, eu adorei o livro. Pode não ser fazer sentido, mas irei explicar, prometendo claro, que não darei spoilers do livro. Então vamos lá, "Cidades de papel" é um livro que me deu muito o que pensar, porque simplesmente o final não foi como eu achei e acredito que muitos leitores também acharam. Mas, talvez era essa a ideia do autor John Green ao escrever o livro. O livro me ensinou que vemos as pessoas, como queremos ver e não como são realmente. Ai é quando o velho: Não devemos julgar o livro pela capa.

Sim, parece irônico, mas não é. Quando vemos as aventuras de Quentin ou simplesmente "Q" e seus amigos, para tentar ajudar ou até salvar uma ex-amiga de infância chamada Margo. Pra resumir e acabar não contando o livro, vou contar-lhes o que eu achei do livro, não da parte dos personagens e sim do ensinamento do mesmo.



Para mim, o livro mostrou que a vida é curta e única e que devemos fazer aquilo que queremos, porque pode não haver tempo pra isso. Foi essa a ideia que a personagem Margo, quis mostrar. Ela não queria ser só mais uma dona de casa, casada, com marido, filhos e até mesmo um cachorro, ela queria fazer a diferencia. Já "Q" queria fazer de tudo para ajuda-la, não apenas porque ele a amava, mas sim porque se preocupava com ela e queria protege-la (obs: acho que no fundo é isso que todos nos queremos). Agora os dois melhores amigos de "Q", Ben e Radar, no fundo não se preocupavam com Margo, mas eles queriam ajudar-lo a encontra-la, porque amigos são pra isso, pros momentos bons e ruins... Porém acredito que não haverá uma continuação mesmo o livro dando a entender isso, para nossa tristeza.

Enfim queridos leitores é isso, espero que tenham gostado e até a próxima.


Um comentário:

  1. Eu tinha esse livro, mas agora querro-o de volta, deve ser legal msm.

    ResponderExcluir